MENU

PDF Download

Eu e Outras Poesias - Augusto dos Anjos

A fragmentação e o caos, o Nirvana e o pulsar inescrutável da vida da matéria, a unidade e a metamorfose, o horror à incompletude e a ataraxia permamente ante as formas que não chegam a ser, a fala paralisada no molambo da língua, a fatalidade do apodrecimento e a impossibilidade de iludir a Morte, tudo isso e o riso irônico ante a carne que desmancha e o verme que a devora – eis os acordes que Augusto dos Anjos vai tirando de sua lira estacionada nas cercanias do novo círculo do inferno, na verdade a entrada que elegeu para devassar o coração da poesia. De fato o poeta chega a ela numa trajetória que lembra a descida de Dante às paragens infernais do Letes, como que traduzindo em termos alegóricos, à semelhança da Divina comédia, a viagem de uma alma inquieta pela obsessão das origens.



Eu e Outras Poesias - Augusto dos Anjos - PDF Download

A fragmentação e o caos, o Nirvana e o pulsar inescrutável da vida da matéria, a unidade e a metamorfose, o horror à incompletude e a ataraxia permamente ante as formas que não chegam a ser, a fala paralisada no molambo da língua, a fatalidade do apodrecimento e a impossibilidade de iludir a Morte, tudo isso e o riso irônico ante a carne que desmancha e o verme que a devora – eis os acordes que Augusto dos Anjos vai tirando de sua lira estacionada nas cercanias do novo círculo do inferno, na verdade a entrada que elegeu para devassar o coração da poesia. De fato o poeta chega a ela numa trajetória que lembra a descida de Dante às paragens infernais do Letes, como que traduzindo em termos alegóricos, à semelhança da Divina comédia, a viagem de uma alma inquieta pela obsessão das origens.

Descrição do livro



A fragmentação e o caos, o Nirvana e o pulsar inescrutável da vida da matéria, a unidade e a metamorfose, o horror à incompletude e a ataraxia permamente ante as formas que não chegam a ser, a fala paralisada no molambo da língua, a fatalidade do apodrecimento e a impossibilidade de iludir a Morte, tudo isso e o riso irônico ante a carne que desmancha e o verme que a devora – eis os acordes que Augusto dos Anjos vai tirando de sua lira estacionada nas cercanias do novo círculo do inferno, na verdade a entrada que elegeu para devassar o coração da poesia. De fato o poeta chega a ela numa trajetória que lembra a descida de Dante às paragens infernais do Letes, como que traduzindo em termos alegóricos, à semelhança da Divina comédia, a viagem de uma alma inquieta pela obsessão das origens.

Baixar, Livro, eBook, PDF, ePub, mobi, Ler Online



Baixar, Livro, eBook, PDF, ePub, mobi, Ler Online
poesias pdf
baixar poesias
Baixar poesia
eu e outras poesias pdf
eu augusto dos anjos epub
poesia epub
eu augusto dos anjos pdf
baixa poesias
eu e outras poesias epub
Augusto dos Anjos eu





Sobre o Autor:



Augusto de Carvalho Rodrigues dos Anjos (1884—1914) foi um poeta brasileiro, identificado muitas vezes como simbolista ou parnasiano. Todavia, muitos críticos, como o poeta Ferreira Gullar, preferem identificá-lo como pré-modernista, pois encontramos características nitidamente expressionistas em seus poemas.

É conhecido como um dos poetas mais críticos do seu tempo, focando suas críticas ao idealismo egocentrista que se emergia em sua época, e até hoje sua obra é admirada tanto por leigos como por críticos literários.

Eu e Outras Poesias - Augusto dos Anjos - PDF Download






More by SANDERLEY

TRENDS - SONG LYRICS
Radar by Sanderlei
Everything in the musical world / Tudo que rola no mundo musical / ทุกอย่างในโลกดนตรี / Все в музыкальном мире / 音楽界のすべて.

Just Go - Viagem Volta ao Mundo
#JustGo - Sanderlei Silveira