MENU

Poema

Concord Hymn - Ralph Waldo Emerson

Sung at the Completion of the Battle Monument, July 4, 1837

By the rude bridge that arched the flood,
Their flag to April’s breeze unfurled,


Concord Hymn - Ralph Waldo Emerson - Poema

Sung at the Completion of the Battle Monument, July 4, 1837

By the rude bridge that arched the flood,
Their flag to April’s breeze unfurled,
Here once the embattled farmers stood
And fired the shot heard round the world.

The foe long since in silence slept;
Alike the conqueror silent sleeps;
And Time the ruined bridge has swept
Down the dark stream which seaward creeps.

On this green bank, by this soft stream,
We set today a votive stone;
That memory may their deed redeem,
When, like our sires, our sons are gone.

Spirit, that made those heroes dare
To die, and leave their children free,




Bid Time and Nature gently spare
The shaft we raise to them and thee.


Concord Hymn - Ralph Waldo Emerson - Poema - Tradução em Português

Cantada na conclusão do monumento da batalha, 4 de julho de 1837

Pela ponte rude que arqueou a inundação,
    A bandeira deles para a brisa de abril se abrindo,
Aqui uma vez que os agricultores em apuros estavam
    E disparou o tiro ouvido em todo o mundo.

O inimigo há muito tempo em silêncio dormiu;
    Como o conquistador silencioso dorme;
E o tempo que a ponte arruinada varreu
    Abaixo o fluxo escuro que o mar se arrasta.

Neste banco verde, por este fluxo suave,
    Colocamos hoje uma pedra votiva;
Essa memória pode seu ato redimir,
    Quando, como nossos senhores, nossos filhos se foram.




Espírito, que fez esses heróis se atreverem
    Para morrer e deixar seus filhos livres,
O tempo e a natureza da oferta são poupados
    O poço nós levantamos para eles e para ti.



More by SANDERLEY

TRENDS - SONG LYRICS
Radar by Sanderlei
Everything in the musical world / Tudo que rola no mundo musical / ทุกอย่างในโลกดนตรี / Все в музыкальном мире / 音楽界のすべて.

Just Go - Viagem Volta ao Mundo
#JustGo - Sanderlei Silveira